VOLTAR

7 dicas para estimular o uso do acervo online da biblioteca

7 dicas para estimular o uso do acervo online da biblioteca

Publicado em 18/08/2021

A biblioteca virtual facilita a rotina dos estudantes. Afinal, independentemente de onde estiverem, eles podem acessar esse acervo online.

Sem contar que uma obra pode ser lida por vários alunos simultaneamente. Isso não é possível quando os livros são físicos.

Entretanto, mesmo quando a instituição de ensino tenha um bom acervo online, por vezes os estudantes não o acessam.

Seja pela falta de conhecimento sobre o uso seja pela falta de opções relevantes para o momento de aprendizado do aluno.

Portanto, o bibliotecário precisa pensar em estratégias para incentivar os discentes a explorarem todo o conteúdo ofertado. Acompanhe a leitura!

7 formas de incentivar o uso do acervo online da biblioteca

1. Aplique treinamentos rápidos

Pode ser que o aluno até já teve interesse em acessar a plataforma. Entretanto, na hora de fazer o login, enfrentou dificuldades.

Ele pode não saber qual é o nome de usuário e a senha ou como proceder quando não consegue utilizar o acervo online.

Para evitar que isso aconteça, indicamos que o bibliotecário disponibilize tutoriais rápidos e práticos, por exemplo:

  • produzir um vídeo, um infográfico ou um passo a passo mostrando o que o estudante precisa fazer para acessar a biblioteca virtual;

  • elaborar uma lista de perguntas e respostas para sanar as dúvidas mais frequentes;

  • encaminhar esses conteúdos para professores e alunos via e-mail;

  • promover eventos de capacitação periódicos para novos usuários.

2. Destaque as funcionalidades

Em outros casos, o estudante até pode saber como acessar a biblioteca virtual, mas não conhece todas as funcionalidades disponíveis e, assim, não tirar o máximo de proveito da plataforma.

Portanto, mostre para os usuários todos os recursos que a ferramenta apresenta que poderá tornar a rotina estudantil mais eficiente.

Tomando a Biblioteca Virtual da Pearson como exemplo, alguns recursos que podem ser destacados são:

  1. responsividade para todos os dispositivos.

  2. busca avançada.

  3. cartões de estudos.

  4. anotações e comentários.

  5. marca-texto.

  6. sincronização de páginas.

  7. leitura off-line.

  8. acessibilidade.

Leia também! 14 vantagens da Biblioteca Virtual da Pearson
Importante! MARC21: conheça esse sistema de catalogação para bibliotecas virtuais

3. Divulgue novos títulos

Outro ponto importante é sempre divulgar quando novas obras forem incluídas no sistema da biblioteca institucional. Para isso, é possível:

  • destacar os títulos na home da plataforma com um banner chamativo;

  • publicar uma nota informativa no Blog da biblioteca;

  • enviar e-mails para professores e alunos cadastrados.

4. Indique obras e motive a leitura

Listas de obras sempre ajudam a estimular a leitura e, consequentemente, o uso do acervo bibliográfico online.

Para isso, é preciso ter criatividade para elaborar relações de temas e, claro, divulgar tanto no site quanto por e-mail.

Você pode elencar listas temáticas atrativas ou que sejam interessantes para determinados grupos estudantis, como:

  • "10 livros mais acessados no último mês";

  • "5 títulos que todo estudante de Biologia deve ler";

  • "7 e-books que vão ajudar você a se tornar um profissional de sucesso";

  • "9 obras de ficção para ler durante as férias";

  • "30 livros que você precisa conferir antes de se formar".

Esses são apenas alguns exemplos que você pode colocar em prática. Pense na IES e nos alunos para criar listagens que geram movimento na biblioteca.

5. Promova debates sobre obras disponíveis no acervo online

É comum que os professores citem livros durante as aulas que os estudantes devem usar como referências. Contudo, o bibliotecário também pode fazer isso. Chame os alunos para debates!

Em parceria com os docentes da IES, é possível incentivar que os discentes acessem obras importantes para as disciplinas que cursam. Dá até para montar grupos de estudos, que se reúnem semanalmente para discutir sobre o progresso individual.

Outra ideia interessante é promover debates a respeito de assuntos atuais, que não tenham necessariamente relação com as grades curriculares que os estudantes fazem, mas que sejam relevantes para a sociedade ou mercado de trabalho de modo geral.

6. Realize eventos com autores renomados

Promover eventos com autores consagrados, sejam eles no ambiente presencial ou virtual, é uma ótima maneira de aguçar a curiosidade dos alunos.

Afinal, quando assiste a uma palestra ou tem a possibilidade de interagir com uma referência de sua área, é natural que o estudante fique interessado em se aprofundar no trabalho dessa pessoa.

Consequentemente, as chances de ele buscar títulos no acervo online após essa atividade complementar são grandes.

7. Conte com os professores

Por fim, uma prática que é comum nas IES e estimula o uso da biblioteca virtual é a realização de trabalhos acadêmicos. Para isso, o bibliotecário deve estabelecer uma relação próxima com os professores da instituição, contribuindo para o planejamento das atividades em sala de aula.

Por exemplo, a cada conteúdo novo que será abordado, o docente pode indicar um capítulo de um livro para os estudantes. Depois disso, pedir para que eles leiam e façam resumos. Inclusive, essa dinâmica pode ser usada na avaliação semestral.

Tudo isso é possível quando se tem um acervo online que atenda às necessidades da IES. Esse é o caso da Biblioteca Virtual Pearson. Acesse o nosso site e conheça o nosso acervo completo!

Compartilhe nas redes

Notícias falsas: como o bibliotecário pode combatê-las?

Nas instituições educacionais, o bibliotecário tem um papel importante no combate às notícias falsas. Veja como proceder!

LEIA SOBRE

Biblioteca pública: como manter a organização do espaço físico?

Reunimos uma série de dicas para que você saiba como manter a sua biblioteca pública sempre muito bem-organizada. Confira!

LEIA SOBRE

User Experience (UX): qual a importância na Biblioteca Virtual?

Você já ouviu falar em UX? Conheça esse conceito e saiba como faz diferença na biblioteca virtual da sua instituição de ensino superior!

LEIA SOBRE